Livraria Virtual

Livraria Virtual
Livros em diversos idiomas, para todas as idades.

15.10.13

Gilberto Mendes: Um compositor com nota G, de Generoso, acordando em Sol Maior!

Há um ditado que diz que algo como "O tempo voa quando você se diverte!" E isso é exatamente o que aconteceu comigo nas últimas duas semanas. Embora eu também acredite que quando você faz muitas coisas parece que passou uma década. Eu tenho tantos eventos culturais e convites esse mes, tanto em Sao Paulo como em Santos, que mal pude eu manter o controle do tempo. Ele deslizou entre minhas mãos. Mas o que eu tenho gravado em minha memoria vai ficar para a eternidade. Parece ontem quando eu participei da cerimônia de abertura da nova temporada de shows em Santos. Então fui para a exposição na Pinacoteca também localizada em Santos. Também fui a uma sessão de cinema. Finalmente, fui à inauguração (quase) do Teatro Guarany (houve um evento público um mês antes) Guarany é uma tribo indígena no Brasil, mas não havia muito de sua presença no interior do teatro, a nao ser no teto, com figuras lindas, que por sinal é uma coisa de tal sofisticação incrível com detalhes para a preservação e restauração, assim como o teatro tem um toque moderno. Na verdade o que mais me impressionou na cerimônia (além da beleza da música e o documentário muito interessante de uma hora ou mais) era exatamente a falta de público. Não que fosse para a elite. Mas, mais uma vez, eu percebo que um evento, mesmo anunciado para o público em geral, não faz quorum. Apenas algumas pessoas vieram para apreciar esta obra divina. Eu tirei algumas fotos do interior do edifício. Eu estava deslumbrada pelo trabalho que fizeram. Por muito tempo, pra nao dizer decadas, só a vegetação cobria o local, e observava as paredes do teatro tomando conta de tudo (ou os remanescentes do mesmo), e nao havia mais nem o teto antes da reforma e as pinturas ja haviam quase desaparecido. Eles tiveram que reconstruir todo o teatro praticamente a partir do zero e, atraves de esboços, considerando que eles tem o plano antigo e com base nisso que fizeram toda a sua restauração.

Vi a primeira apresentação pública de um concerto la, com uma composição de outro compositor nascido em Santos, o Maestro Camargo Guarnieri. Então notei muitos "orbs" ao redor no palco e na plateia (em ingles se chama orbs e eu me dou o direito a livre traducao como "Objetos Redondos Bastantes Sobrenaturais", como algumas rodas inexplicáveis e formas transparentes, como "foo fighters", orbitatando em forma de círculo), e não era muito de minha surpresa que esse fenômeno acontecesse em lugares antigos, mas eu já sentia algumas presenças, definitivamente relacionadas ao compositor a quem estava sendo concebida a homenagem.

Lá eu também encontrei um outro compositor de Santos, o Sr. Gilberto Mendes, que ja havia visto em outras ocasioes, em muitas delas com homenagens feitas a ele, e desta vez eu lhe pedi um autógrafo: "Você é musicista também?" Ele me perguntou. "Não, mas eu gosto muito de música ... bem, eu canto."


Eu segurando um dos livros de Gilberto Mendes na livraria da Sala Sao Paulo

Acima, uma imagem de Gilberto Mendes comigo no Teatro Guarany, em Santos, Brasil. Abaixo, sua assinatura que ele graciosamente me concedeu com um coração vencido embevecido e se nota isso pelo gráfico na primeira letra do seu primeiro nome "G" (e ele disse que era o papel que fez a tinta falhar, mas eu já ouvia seu coração alegremente dançando com muita alegria e muita emocao e com um sorriso, dizendo: "Gee", enquanto tentava, em vão, marcar a nota no G de generoso!;)
Eu não me considero musicista, mas agora, pensando mais sobre isso, eu deveria. Eu componho e canto minhas próprias canções. Se isso não é ser um músico por excelência, eu não sei o que seria. Só porque eu sou muito tímida para mostrar a maior parte das minha composicoes ao público, isso não significa que eu não pertenço ao clã de musicos. Eu não gosto de rótulos também, mas o meu apelido (o que a minha família deu para mim mesmo antes de eu ter o meu próprio nome) já tem uma marca musical nele (Decca). E não é sem base nem fundamento: minhas duas irmãs são cantoras, uma delas lirica, e meu pai e minha avó também tocavam piano e a minha avo e tambem minha tia-avo eram professoras de piano. Nao preciso nem dizer, EU AMO / VIVO A MÚSICA AO VIVO!

Gilberto Mendes completou esse domingo seus 91 anos. Parabens a esse santista, mais um criador que essa cidade tanto admira. E eu, santista tambem, admiro esse compositor e essa cidade. Tanto que vejo na foto acima as flores da entrada do casarao da Pinacoteca, como passaros, um beija-flor com seu corpo azul e com faceiras asas amarelas no alto e, logo abaixo no lado esquerdo, admirando o trabalho do beija-flor, um minusculo pavao com sua coroa, tentando alçar um voo magnifico.
Postar um comentário