Livraria Virtual

Livraria Virtual
Livros em diversos idiomas, para todas as idades.

30.7.10

Idolos ou Simbolos??

A Arte como processo de criacao eh uma constante infinitesimal e como tal deve ser apreendida como um incentivo a transformacao pessoal. O talento nao eh algo nato, a gente nao nasce sabendo entao como queremos idolos se nao nos esforcamos para ser melhores aperfeicoando nosso proprio ser? Para isso se necessita um modelo, um exemplo de vivencia para atingir os mais altos pincaros da gloria estelar. Tal eh a tarefa do artista, exigir-se de si e oferecer aos demais o quanto aprendeu de seus proprios limites, fracassos e sucessos. Dahi esta que eh um constante aprendizado e isso faz o artista chegar a sua evolucao gerando bons frutos. Ha bons artistas, mas idolos ainda nao, talvez por essa falta de esmerar-se mais por sua propria paixao/producao. Mas ainda estamos em tempo, sem esperar do nada mas fazendo acontecer a cada novo espetaculo, a cada nova obra criada.

Veja o caso de Paulo Szot, a quem fiz uma homenagem no meu blog "Dancing As One" (http//dance-as-one.blogspot.com) e que so foi mesmo reconhecido pelo publico quando ganhou um Tony Awards, alem de muitos outros que a gente nem houve falar mas que estao por ahi, fazendo um grande sucesso. Por isso, sim, temos idolos liricos que sao muitas vezes oniricos, pois que sonhamos por (re)conhece-los. Quem sabe se ainda um dia pudermos produzir um programa de TV como o American Idol que parece deliciar ao gosto popular, ou um "Brasil Tem Alento" na mesma base do "Britain" ou "America Got Talent", porque talento no nosso pais (vivendo dentro ou fora dele, mas sempre no coracao) eh o que nao falta. De qualquer maneira acho tambem que nao eh imprescindivel buscar ser reconhecido ja que a arte em si eh repleta de muitas vitorias... depois dessa declaracao insolita so necessito mesmo enviar abracos aos bravos!!;=)

SUCESSO (Acrostico)

Sucesso se conquista
Um duro raro trabalho
Com ou sem uma pista
Em alhos com bugalhos
So fazendo acontecer
Sem esperar amanhecer...
O mesmo esmero do artista!
Postar um comentário